Como renegociar preços e prazos

Como renegociar preços e prazos

Essa é uma rotina que muita gente que trabalha com o Financeiro deixa passar. Muitas vezes um problema de caixa está relacionado a um prazo de pagamento mal planejado e negociado, ou um preço que sofreu uma correção acima do esperado, mas esses dois pontos têm a mesma solução simples: conversar com seus fornecedores. 

Existem algumas vantagens que você deve buscar na hora de negociar com seus fornecedores. São elas:

 

Melhores Preços

Esse talvez seja o primeiro motivo que vem na cabeça de qualquer pessoa quando se fala em negociação: o melhor preço. O bom comprador já sabe que o preço deve ser negociado, principalmente levando em conta os interesses estratégicos da empresa, como por exemplo se ela vai ter caixa suficiente para bancar a compra e o nível de urgência e prioridade do item a ser comprado.

 

Na busca pelo melhor preço vale manter um controle da sua gestão de compras em uma planilha, fazendo cotações e garantindo que os melhores preços estão sendo obtidos.

No entanto, não se deve forçar muito a negociação nos preços, de modo que a compra seja apenas uma relação de ganho para parte do comprador e perda para parte do fornecedor.

Hoje em dia se espera muito mais uma relação de ganha-ganha entre as partes, até porque é fácil entender os malefícios que uma prática mais agressiva da busca de menores preços podem trazer, como o fornecedor ficar sem capital de giro por não ter recebido o suficiente para manter sua operação e você acabar perdendo seu fornecedor no meio do seu processo de produção, por exemplo.

Busque sempre um equilíbrio com seus fornecedores, principalmente se a quantidade de matéria prima que você comprou tem aumentado. Além disso, é importante controlar a evolução dos preços dos produtos, inclusive na hora de se preparar para negociar uma diminuição no preço.

 

Melhores Prazos

Outra vantagem importante da negociação na gestão de compras é conseguir melhores prazos de pagamento e de recebimento do produto ou prestação do serviço.

Um exemplo prático que eu gosto de dar: Imagine que você tem uma indústria que fabrique qualquer produto. Para esse exemplo vou usar sapatos. Você tem um fornecedor do material necessário para isso, mas ele quer renegociar o preço da matéria prima que ele te vende. Como você não pode ficar sem produzir, e ele está irredutível em relação ao preço, você começa a negociar um melhor prazo de pagamento e, se antes você pagava em 15 dias, agora paga em 30 dias.

Agora, apesar do preço maior, você consegue pagar as obrigações ao seu fornecedor depois de ter realizado todo o processo de manufatura do seu produto, vender as primeiras unidades e já consegue pagá-lo com o dinheiro que conseguiu utilizando a própria matéria prima para fabricar esse lote. Assim você conseguiu girar melhor seu fluxo de caixa e não pagou obrigações antes de ter vendido o produto.

Prazos são essenciais por causa disso: você tem mais capilaridade para pagar seus fornecedores inclusive os pagando depois de ter produzido seu produto e já botado ele a venda no mercado.

Gostaria de conhecer melhor a VR Gestão?