Custos que você deve colocar no seu Plano de Negócios

Custos que você deve colocar no seu Plano de Negócios

Para estar preparado para todos os desafios de empreender, o empreendedor deve primeiramente conhecer o próprio negócio, só assim conseguirá navegar nas agitadas águas do mercado e conquistar o sucesso.

E o Plano de Negócio serve justamente como um leme que guiará o empreendedor nessa navegação. Existem elementos que não podem faltar no seu plano e por isso ele deve ser feito levando em consideração diversos aspectos, dentre eles: ideias centrais do negócio, metas, estudo de viabilidade econômica, estratégias de marketing e, claro, os custos que envolvem a abertura e a promoção do negócio.

Preparei um infográfico com os 5 custos que não podem faltar no seu Plano de Negócios!

1. Despesa de “Investigação”

Antes de mais nada, se você ainda está na fase de elaboração da ideia, você precisa ter algumas coisas em mente:

• Qual o mercado que pretende atuar
• A solução que você está desenvolvendo, tem concorrência?
• Quais os pontos fortes da concorrência?
• Qual o seu público-alvo?
• Qual o seu consumidor ideal?
• Onde encontrar o seu consumidor ideal?

E para obter essas importantes informações, você pode tanto empregar o seu próprio esforço e fazer tais pesquisas, ou contratar uma empresa especializada em fazer pesquisas de mercado.

Se a 2ª opção for a que você pretende seguir, então, é preciso sim adicionar essa despesa no seu Plano de Negócios.

2. Licença e Permissões

Será necessária a solicitação do Alvará de Funcionamento e Sanitário. Esses documentos devem ser solicitados junto à prefeitura e os documentos analisados para a emissão dependerão do tipo do negócio e do tipo de imóvel onde o negócio está instalado.

Outros documentos como Laudo do Corpo de Bombeiros e Laudo da Vigilância Sanitária também poderão ser solicitados.

O funcionamento do negócio sem essas devidas licenças, implicará em multa, então nada melhor do que já deixar esse custo incluso no seu Plano de Negócios e já resolver essas questões de antemão.

3. Equipamentos e Suprimentos

Todo tipo de negócio requer algum tipo de equipamento e suprimentos básicos, por isso é importante realizar uma projeção de quanto será gasto mensalmente, semestralmente e anualmente com cada coisa. Portanto, será necessário levar em consideração alguns aspectos, como por exemplo:

• O imóvel é próprio ou alugado?
• Utilizarão equipamentos? Quais?
• Compensa mais comprar o próprio ou alugar?
• Mensalmente, quanto será utilizado em suprimentos?
• Qual o fornecedor mais em conta?

Quanto mais detalhada for a visão e projeção dos gastos com suprimentos e equipamentos, melhor.

4. Anúncios e Marketing

Vem aqui uma parte muito importante: a divulgação do negócio.

Você deverá pesar na balança qual será o tipo de divulgação feita, e assim como a parte da “despesa em investigações”, precisará decidir se fará a própria divulgação ou se contratará uma empresa especializada em publicidade e propaganda para gerenciar os anúncios do seu negócio.

Para saber o tipo de divulgação necessária, vale conhecer profundamente o público que você deseja alcançar. Sabendo os gostos desse público, você saberá onde é o melhor lugar para fazer o anúncio, qual o melhor canal de divulgação, qual o tipo de linguagem usar e muito mais.

5. Empréstimos

E por último e não menos importante: Os empréstimos!

No caminho da abertura e expansão do negócio é certo que haverá a necessidade de recursos. Nem sempre o empreendedor terá posse do capital necessário para isso, por isso precisará conseguir um empréstimo. Existem diversas maneiras de se captar recursos para o seu negócio.

Também não esqueça: é muito importante contar com um escritório de contabilidade parceiro que te auxilie nessas questões! Um bom profissional te ajudará a organizar tudo isso e tirará todas as suas dúvidas.

Conclusão

O Plano de Negócios é o documento onde constam todas as informações do projeto. Ele ajudará a nortear o empreendedor e prepara-lo para navegar com destreza no agitado mar que é o mercado e a concorrência.

Um Plano de Negócios eficiente, leva em consideração diversos fatores, dentre eles os custos envolvidos no projeto. É muito importante pensar com muito cuidado em todos esses custos e lista-los detalhadamente.

E dentro desses custos, é sempre bom saber as formas de diminuí-los. Conte com um contador parceiro para te ajudar nesse processo.

Você lembrou de listar esses 5 custos no seu Plano de Negócios?

Fonte

Gostaria de conhecer melhor a VR Gestão?